domingo, março 11, 2007

Farol da Ponta da Barca - Ilha Graciosa (Açores)

"Era no Pico Negro que o Plano Geral, aprovado em 1883, projectava a construção de um farol de 2ª ordem, na Ilha Graciosa.
A verdade é que acabaria por optar-se pela construção do farol na Ponta da Barca, um pouco mais para Oeste do inicialmente projectado e, uns anos mais tarde.
A escolha deste novo local terá facilitado em muito a construção do farol, embora com o senão da existência de sectores em que a interposição do Pico Negro não permite a observação visual do farol.
O farol da Ponta da Barca entrou em funcionamento em 1 de Fevereiro de 1930 e está localizado na Ponta da Barca a Noroeste da Ilha Graciosa. Tem uma torre com 23 metros de altura e 71 metros de altitude.
O equipamento e a lanterna que o alojava, adquiridos em 1927, custaram 804.200 francos franceses, correspondentes a 72.378$00.
Em 1978 uma forte trovoada fez grandes estragos no farol e habitações.
Tratando-se, actualmente, da torre mais alta do Arquipélago dos Açores e encontrando-se numa zona muito exposta, tem sido periodicamente objecto de obras de recuperação de alguma dimensão, a última das quais já nos anos oitenta. Foi electrificado com energia da rede pública em 1999 e está automatizado com o sistema modelo DF".

(Direcção de Faróis, in http://www.marinha.pt/extra/revista/ra_dez2005/pag_35.html)

1 Comments:

Anonymous Marisa said...

Olá Sara, finalmente um da Graciosa. Por acaso lembro-me bem de ouvir esta história da trovoada, o filho do faroleiro queimou as costas, pois o raio queimou o colchão, segundo me lembro. Sei que ao tempo fiquei horrorizada com a história.

março 12, 2007 2:04 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home